Pescador diz que não pode trabalhar porque está morto

June 5th, 2008 | Escrito por: Bighi Deixe seu comentário »

Desde que a Eva, ainda no paraíso, fez o pescado inicial, Deus disse que todos os pescadores iriam para o inferno. Ou algo assim. Agora, além de se preocupar com o inferno, parece que os pescadores precisam lembrar às pessoas que eles ainda estão vivos.

O pescador polonês Piotr Kucy voltou pra casa depois de 2 semanas de pesca e descobriu que havia sido declarado morto. Durante o tempo que ficou fora, sua família encontrou na praia um compro que lembrava levemente o corpo do pescador. Lembrava, assim, se você estivesse bêbado, olhando com um olho só e usando os óculos da sua bisavó.

Desde então Kucy tem enfrentado uma série de problemas pra provar que está vivo. Ele chegou a parar em frente aos oficiais e dizer “ei, olhem pra mim, estou vivo”, mas não adiantou.

“Eu tenho que trabalhar pra sustentar minha família, mas não posso pois estou morto”, disse Piotr.



  • http://www.anotherguardian.blogspot.com/ Carlos

    Isso me aconteceu duas vezes em São Paulo.

    Em uma delas, meu vizinho comentou com minha mãe que soube que eu havia morrido (ótimo vizinho…).

    Em outra, recebi uma carta de um departamento público qualquer, liguei para saber do que se tratava, já que ali não havia explicações. O funcionário ficou assustado quando confirmei meu nome, porque segundo ele eu estava morto.

    E mesmo assim minhas dívidas continuaram… É mole?

blog comments powered by Disqus